Cain Velasquez vence Junior Cigano e é o novo UFC Heavyweight Champion!

Cain Velasquez esperou 13 meses por uma segunda chance, e garantiu estar certo de que isso não iria escapar de seu alcance.

Velasquez (11-1, 9-1 no UFC) deu uma verdadeira surra ao longo de cinco rounds, quando ele conseguiu o veredito unânime e recuperou o UFC Heavyweight Championship no UFC 155 “Dos Santos vs. Velasquez II”, headliner na última madrugada de sábado/domingo na MGM Grand Garden Arena em Las Vegas.

Os scorecards contaram uma história de domínio absoluto: 50-45, 50-43 e 50-44 para Velasquez.

“Essa foi a luta mais difícil que já tive”, disse ele. “Eu estava tão cansado, mas só passava pela minha cabeça: ‘Just do it. Do it.’. Todos meus treinadores me ajudaram e me incentivaram para que estivesse aqui. Isso é para eles”

“Ele é um cara duro”, disse Velasquez. “Esse Overhand direito, eu aprendi de Pops, o treinador do meu treinador, Javier Mendez. Eu estive treinando muito ele e me sinto feliz por ter o feito.”

Em dois dos cinco rounds, Velasquez brutalizou o campeão no Clinch e trabalhou o ground à vontade. Cigano (15-2, 9-1 no UFC) lutou bravamente, mas seus golpes não renderam efeito. Até a conclusão de 25 minutos de luta, seu rosto ficou irreconhecível por causa de todas as escoriações e hematomas, além de um inchaço grotesto provocado em seu olho direito. A série agora está 1-1, o que nos leva a crer que ainda veremos esses dois “Golias” dentro do octógono se enfrentando novamente.

“É uma sensação muito boa”, disse Velasquez. “Eu sei que ele voltará ainda mais forte, então eu tenho que ficar melhor. Tudo em nome do jogo.”

A derrota acabou com uma sequência invicta de Junior Cigano, que já durava dez lutas. “O jogo dele é muito eficaz”, disse ele. “e, hoje à noite, ele foi melhor do que eu.”

Sobre "Canadian Wrestling God" Luiz Tanaka

16 anos, capricorniano, cursando atualmente o 3º Ano do Ensino Médio. Fui aprovado em Jornalismo na UFAL no ano passado, mas decidi não cursar. Atualmente mantenho o UOW, blog que tenho um apego grande, mas sem qualquer pretensão de torná-lo grande. Sou figura reconhecida principalmente por conta da UWF. Odeio o estereótipo de nerd. Sou apenas um rapaz latinoamericano, sem dinheiro no banco. Sem primos importantes e vindo do interior! O tipo estranho de se conviver, que curte doidamente um Forró Pé-de-Serra ao mesmo tempo que admira muito a cultura estrangeira.

Publicado em 30 de dezembro de 2012, em MMA, UFC e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 2 Comentários.

  1. Essa foi uma luta irreconhecível, o melhor Boxer do mundo perdeu na trocação. Ainda não entendo como o Cigano manteve a guarda baixa e não golpeou. Resta esperar um Werdum vs Velasquez e ai sim uma nova revanche..

  2. Gabriel"Sicimism"Crazy

    Nossa poha Cigano ficar só na espera agora né.. Mas os dois são uns monstros qualquer um poderia ter ganho..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: