Peoples Pit #4: Caprice Coleman

Peoples Pit Caprice Coleman cópia

Essa entrevista será dedicada para a mina que narrou a queima de fogos na Globo. I Know That Feel, Broa. Quer saber? Foda-se. O Caprice Coleman não respondeu muito bem as perguntas, mas por uma questão de honra a irei publicar.

Tanaka: Há quanto tempo você entrou no mundo do pro-Wrestling? Conte-nos um resumo de seu começo de carreira…

Caprice: Eu comecei a treinar Wrestling em 1997, para arcar com os custos do treinos tive que trabalhar como referee

Tanaka: Seus pais te incentivaram a se tornar Wrestler?

Caprice: Na verdade não, eles me incentivaram a sair de casa… LOL

Tanaka: Você treinou por um tempo na OMEGA, empresa dos Hardy Boyz. Como foi treinar com duas das maiores figuras do Pro-Wrestling desse século?

Caprice: Eu estava entre os grandes, mas não sabia, no início eu não sabia o quão grande eles se tornariam. Eu era muito jovem e achava que éramos muitos melhores que a WWE, claro, sem comparar com outras empresas

Tanaka: Você se inspira em alguém?

Caprice: Sempre me inspirei no Brian Pillman

 

Tanaka: Qual foi a melhor luta que você já fez?

Caprice: Eu não digo que nenhuma luta minha foi a melhor, digo que a próxima será a melhor!

Tanaka: Você teve passagens pela WWE e pela TNA, gostaria de voltar a atuar por essas empresas?

Caprice: Cara, eu nunca digo nunca, mas sei que estou feliz aonde eu estou!

Tanaka: Sua carreira melhorou ao ir para a ROH? Quais são seus objetivos por lá? Teve alguma coisa que marcou sua vida?

Caprice: Meu objetivo e algo que marcou minha vida foi ganhar o Tag Team Championship, agora é só continuar a destacar, esse é meu objetivo futuro

Tanaka: O que falta para o Indy Wrestling tornar-se mais popular?

Caprice: Ter Wrestlers Indys que tenham paixão pelo que fazem

Tanaka: Qual foi a maior dificuldade que você encontrou na carreira?

Caprice: A maior dificuldade foi acreditar e investir em mim mesmo

Tanaka: Qual sua Dream Match?

Caprice: Enfrentar um campeão em um PPV

Tanaka: Tem alguma história engraçada do Wrestling que poderia falar para a gente?

Caprice: Quando eu estava começando minha carreira, minha mãe interferiu em uma luta minha…  Eu estava lutando com um cara que tinha uma Manager mulher, que insistia em interferir na luta, minha mãe aguentou o suficiente até pular a barreira de proteção e cair pra cima dela. Lembro-me dela ter saído escoltada da Arena… Lol, amor de mãe…

Tanaka: Para finalizar, deixe um conselho para seus fãs e para aqueles que querem ingressar no mundo do Wrestling…

Caprice: Acredite, seja seu incentivo e conduza a si mesmo. Esteja disposto a mudar, contanto que seja para o seu melhor

Então galera, esse foi o primeiro Tanaka Thinks do ano, mesmo não sendo muito bom, eu tenho uma garantia: O próximo será HISTÓRICO. Uma entrevista muito boa com um rapaz que já foi Tag Team Partner de Antonio Cesaro e já foi treinado por Kassius Ohno. Dentre suas maiores conquistas, vale falar do King of Trios. Adivinhem quem ele é e comentem!

Sobre "Canadian Wrestling God" Luiz Tanaka

16 anos, capricorniano, cursando atualmente o 3º Ano do Ensino Médio. Fui aprovado em Jornalismo na UFAL no ano passado, mas decidi não cursar. Atualmente mantenho o UOW, blog que tenho um apego grande, mas sem qualquer pretensão de torná-lo grande. Sou figura reconhecida principalmente por conta da UWF. Odeio o estereótipo de nerd. Sou apenas um rapaz latinoamericano, sem dinheiro no banco. Sem primos importantes e vindo do interior! O tipo estranho de se conviver, que curte doidamente um Forró Pé-de-Serra ao mesmo tempo que admira muito a cultura estrangeira.

Publicado em 1 de janeiro de 2013, em NW, Peoples Pit, Quadros e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. The Panic Show "Danger! A colleague lives in the Swamp. Do not even go there, it's very dangerous. And you know who's the danger? ... ME".

    A próxima entrevista será com Marco Jaggi (Ares)?

  2. Cara, ri pra “carai” quando li sobre essa interferência da mãe dele. HUASHUAHSUAHSUAHS

  3. Esse Cara e muito firmeza, ja entrevistei ele uma vez. Mais perdi a entrevista😦

  4. The Barrett Barrage

    Curti, só que as respostas do cara são muito curtas..

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: