Entrevista Ryan Couture NW+ImperioMMA

Imagem

Depois de uma longo tempo sem conseguir entrevista, consegui com Ryan Couture ^^

Pedro Gabriel: Ryan você e filho de uma lenda do MMA, Randy Couture, ele foi a sua principal influência para começar a carreira no MMA?

Ryan Couture: Cresci assistindo a carreira do meu pai evolui-o junto com o esporte e por isso me apaixonei por MMA. Se não fosse isso, eu nunca teria uma chance e certamente não teria essas grandes oportunidades que estão a caminho.

PG: Couture, ao contrário de seu pai, você escolheu o peso leve esta decisão veio de você? E qual categoria você acha mais difícil?

RC: Eu luto como um leve, e o peso que o meu corpo se adaptou melhor. Funcionou bem, porque, por coincidência, ele sempre foi o meu favorito para assistir. Eu também acredito que é mais profunda a divisão, mais difícil no esporte.

PG: Alguma vez você já pensou em mudar a categoria?

RC: Se eu tivesse um grande motivo, eu poderia lutar no peso pena. No entanto, não é algo que eu seriamente considerada.

PG: Chael Sonnen tem uma grande amizade com CM Punk (lutador de Pro-Wrestling), o que você acha da relação entre pro-wrestling e MMA?

RC: Eu acho que há muita sobreposição entre as bases de fãs de pro-wrestling e MMA. É sempre bom ver estrelas dos dois trabalhando juntos para encorajar isso.

PG: Qual foi a sua melhor luta? Qual foi o seu adversário mais difícil?

RC: A luta que eu fiquei mais orgulhoso foi o contra Conor Heun em março do ano passado.  Isso foi um avanço enorme para mim e em minha opinião e o meu melhor desempenho. Quanto ao meu adversário mais difícil, os dois caras que vem a mente são Matt Ricehouse e Joe Duarte. Ambas as lutas foram extenuantes experiências.

PG: Após o fim do Strikeforce, você quer ir para o UFC? Já recebeu algum contato?

RC: Eu acho que uma vitória nesta luta vai garantir-me um lugar no UFC, mas eu não ouvi nenhuma palavra oficial.

PG: Em suas lutas profissionais para que você lutou no Strikeforce. Você prefere lutar amador ou profissional?

RC: Eu prefiro muito mais lutar profissionalmente. O maior desafio torna-se mais emocionante e pago para competir é uma grande vantagem.

PG: Qual seria a sua estratégia para a luta contra KJ Noons?

RC: KJ é mais perigoso quando ele está atacando, e o meu interesse para tentar encurtar a distância e o fazer lutar comigo.

PG: O que para você e para o melhor lutador de todos os tempos?

RC: Eu acho que a este ponto, Anderson Silva tem a impressionante lista de realizações.

PG: Em sua opinião quem é o melhor peso leve do mundo?

RC: Eu considero Ben Henderson o 1° do mundo agora, especialmente depois de sua vitória contra Nate Diaz. Eu estou realmente ansioso para ver Gilbert Melendez ir para o UFC e enfrentar Ben. Tenho uma tonelada de respeito pelos dois garotos.

Sobre Pedro "The Crow" Gabriel

Tenho 18 anos, sou fã de filosofia e chato em tempo integral. Tenho admiração incondicional de Rogério Ceni e Demian Maia.

Publicado em 7 de janeiro de 2013, em MMA, Strikeforce, UFC e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. 6 Comentários.

  1. "The Unbreakable" Pedro Almeida

    muito bom cara, é uma delícia ter as entrevistas de volta.

  2. As minhas já voltaram e ninguém diz nada… kkkkkkkkk
    Vou conseguir o banner do Peoples Pit MMA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: